quinta-feira, 28 de agosto de 2014

avião na noite

Por vezes ainda me custa acreditar, embora o deseje com todas as  forças
procuro, então, o meu olhar nos teus olhos sempre que neles abres o sonhar
e desnudo nosso amar em cada beijo, em cada abraço, em qualquer gesto 
feliz, confiante que em cada voo de pássaro me levarás para o teu mar

domingo, 17 de agosto de 2014

para o azul

perdi a tua voz por uns momentos para o imenso azul que ora nos afasta, logo nos aproxima.

vento que por ti passou

aprendi a apreciar o vento: antes de chegar a mim por ti passou, que és mais velho, mais alto e mais além!

domingo, 3 de agosto de 2014

contradança

tempos
desencontrados
a mesma música
diferentes momentos
pensamentos
desafinados

aguardo
espero de esperança
a contradança


sábado, 2 de agosto de 2014

estrelas no meu colo


cabem tantos no meu colo
a cada coração que chega
faz-se mais, faz-se melhor
como um céu que se ilumina
com mais uma estrela